O Cair da Noite

maio 29, 2009

O Cair da Noite

No mundo de Kalgash, cientistas de uma universidade descobrem que o seu planeta pode entrar em uma completa escuridção. No planeta, há seios sois. Sendo que sempre dois estão no alto. Ninguém no planeta esta acostumado a escuridão.
No inicio do livro, o cientista Sherin investiga um novo ”brinquedo” no parque de diversões da cidade. O Túnel do Mistério. Onde as pessoas entram e encaram a completa escuridão. Sherin observa que todas as pessoas que passam pelo túnel, saem perturbadas da cabeça.

Se em um simples túnel escuro as pessoas ficam loucas, imagine então em todo o planeta?

Nesta obra prima de Isaac Asimov e Robert Silverberg, vemos como o ser humano reage a situações que não estão acostumadas. No caso da trama, a escuridão. Muitas pessoas do ”bem” podem se tornar pessoas do ”mal” em situação adversas.

Isaac e Robert criam simplestemente um mundo. Kalgash tem sua própria história, modos, ligua, hérois, vilões, mitos. Vale lembrar que esta Novela foi baseada no conto homonimo de Isaac Asimov escrito bem antes.
Uma pérola da Ficção Cientifica a ser descoberta. Digo pérola, por que este não faz (injustamente) parte dos livros mais badalados do escritor.

Nota: 9.6

Celular

maio 26, 2009

Celular

Clayton Ridell esta caminhando normalmente pelas ruas de Boston. Ele se senta em um banco da praça para descansar. De repente ve várias pessoas agindo de uma forma estranha. Ele vai vendo até perceber que as pessoas se transformaram em zumbis, mais precisamente as que tinham e atenderam seus celulares.

A partir deste momento a luta pela sobrevivencia começa. Clay tem motivos suficientes para se preocupar, afinal, deixou sua ex-mulher e seu filho na sua cidade, Kent Pound no Maine. Nesta jornada, Clay conhecera pessoas que se tornaram amigos como Tom e Alice.

Alguns pontos interessantes de se observar neste livro de Stephen King é a luta pela sobrevivencia. Basta pessoas virarem zumbis, que o mundo praticamente acaba. A maioria das pessoas transformadas em Zumbis são jovens, já que a maoria das crianças e idosos não tem/usam celular

Podemos dizer que este é o livro de Ficção Cientifica e Zumbis que estava faltando na vasta carreira de S.K.

Só me decepcionei com o final, muito ruim. Quem leu, sabe do que eu estou falando. Mas mesmo assim, recomendo a leitura para quem gosta de terror e ainda não leu.

Nota: 8.5

O Amor nos Tempos do Cólera 1

Um homem se apaixona pela trança de uma menina de família. O idílio dura algumas cartas, mas ao conhecer seu admirador, a moça rejeita-o e casa com outro. O amor, porém, persiste e dura a vida inteira. E assim se começa mais um romance brilhante de Gabriel García Márquez. É incrivel a habilidade do Colombiano de criar historias e personagens fantasticos e carismaticos. Assim como em muitos casos, o livro é muito melhor que o filme protagonizado por Javier Bardem. É mais longo, mais bem contado que o filme.
Uma coisa altamente positiva de se lembrar é que Gabriel García Marquez foi um dos poucos escritores da historia que depois que recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, continou lançando obras importantes. García Márquez recebeu merecidamente o Prêmio em 1982 e lançou O Amor nos Tempos do Cólera em 1985, sendo o primeiro romance seu lançando depois do prêmio.
Para quem gosta e assisti mais cinema, a historia deste romance lembra um pouco “O Diario de Uma Paixão” (2004) e “Titanic” (1997). Mas claro, tem uma historia original e seu charme próprio. O livro esta no meu top 5 melhores livros fácil, e desde 1985 já é um clássico da literatura universal. Se ainda não leu, leia.

Nota: 10.0
 
 

Cem Anos de Solidão

maio 18, 2009

Cem Anos de Solidão 2

A Historia da Familia Buendia na vila de Macondo durante Cem Anos. Gabriel García Márquez em 1967 lançou este, que é considerado por muitos (incluindo eu) o Maior Romance de Todos os Tempos. É impressionante a capacidade magnífica que Gabriel conta as historias dos personagens durante um século. São varios personagens marcantes, várias historias incriveis. Historias romanticas, tristes, alegres. Historias de solidão. Ao terminar de ler a última página do livro, fiquei hipnotizado. Não consegui parar de pensar no livro por várias horas após conclui-lo. Não é atoa que Gabriel Garcia Marquez ganhou merecidamente o Prêmio Nobel de Literatura. Aconselho a todos que gostam de literatura a lerem esta obra fascinante e universal. Na minha humilde opnião é uma das melhores historias que um ser humano já criou, seja no teatro, no cinema, na televisão (com séries, novelas e desenhos), nas historias em quadrinhos e manga, seja nos livros. Mais do que um grande livro e uma Obra-Prima, um marco na historia das historias mundiais.

Nota: 10.0